estar-feliz

Estar feliz, mas sentir-se triste… tudo bem também!

Por vezes até estamos felizes, conquistamos muitas coisas, e também amizades… Mas daquelas que realmente torcem por nós, que sentimos e sabemos que estarão ao nosso lado quando for necessário…

Os conflitos existem também… que estranho… “Mas me considero feliz, e ao mesmo tempo estou triste…” “Então será que estou equivocado com o que chamo de felicidade?” Pode ser que sim… pode ser que não…

Se sentir na obrigação de estar feliz o tempo todo, mostrar, principalmente nas redes sociais, e por que não dizer, na vida social, por aí, que se está feliz e alegre está se tornando algo insano! Gerando crises de ansiedade, depressivas, de pânico… TEMOS que encontrar a pessoa certa… TEMOS que TER o melhor emprego… TEMOS que nos satisfazer externa e internamente… TEMOS, TEMOS, TEMOS!!!

E se não TIVERMOS que nada?? E se só pararmos, nem que seja por alguns instantes e prestarmos atenção no silêncio? Sim… no silêncio! Prestar atenção no que nos faz viver, na nossa respiração, no nosso pulsar… aí percebemos o quão difícil é parar, e SE encarar…

E se TUDO BEM nos sentirmos tristes? Ok, está tudo bem também… A parada para perceber onde queremos chegar, e como queremos chegar…

TUDO BEM também estarmos estressados… mas será que isso deve virar uma constante? Quão saudáveis queremos ser ou estar?

A negação do que nos desagrada, que sejam situações, sentimentos ou pensamentos, só faz colocar a ‘sujeira pra debaixo do tapete’. O exercício é de perceber o que acontece conosco mesmo e como vamos querer superar… Como tomar o controle da situação…

Novos hábitos a serem adquiridos… tarefa árdua, mas possível… estabelecer algo como meta, nem que sejam pequenas metas… nem que seja, antes de levantar, pegar o telefone pra navegar nas redes sociais, estabelecer pelo menos duas pequenas metas para aquele dia e seguir, focar! Pode não dar certo nas primeiras vezes, mas insista, persista, seja e faça o possível!!

E tudo bem se sentir triste, mas olhe para o que já conquistou e quem é… o que realmente importa e faz sentido… e deixe isso sim tomar conta de seus pensamentos…

Fazemos escolhas todos os dias!! E que possamos cada vez mais fazer escolhas melhores que as anteriores!!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Leia também:
Bem-estar

O que podemos controlar?

Há situações que não estão sob o nosso controle. Por outro lado, há algumas que podemos nos atentar e controlar, mesmo que seja com atitudes simples. Podemos, por exemplo, ser gratos pelo que já temos, somos e conquistamos. Aliás, as conquistas, mesmo que consideradas pequenas, devem ser celebradas. E isso podemos fazer. Como passamos nosso

Leia mais >
Comportamento

Desenvolvendo a autonomia

No podcast a seguir falo sobre como desenvolver a autonomia. Falo sobre crianças, adolescentes e adultos. É importante organização, planejamento, orientação e avaliação. O respeito e paciência ao ritmo da pessoa que está aprendendo a desenvolver sua autonomia é fundamental, para que ela aprenda a observar e aprender com a atividade realizada. Falo também sobre

Leia mais >
Comportamento

Soft Skills

“Soft Skills” são as habilidades relacionadas a nossos comportamentos. Diferente das “hard skills”, que são nossas habilidades relacionadas a conhecimentos técnicos. Atualmente, observamos que muitos profissionais possuem um ótimo currículo, com muitos cursos, idiomas, formações e graduações, ou seja, um grande conhecimento técnico. E apesar de um currículo, muitas vezes, considerado invejável, o indivíduo não

Leia mais >